Tags

Esse é o Cadu, meu sobrinho caçula. Tenho no total 10! Fui tia pela primeira vez aos 6 anos, mas isso se deve a diferença de idade dos meus irmãos e eu.

O Cadu é o 5° filho da minha irmã Daniela, por parte de mãe. Na verdade todos os meus irmãos são ou por parte de pai ou de mãe, dos dois sou filha única.

A história da mãe do Cadu e as escolhas ruins que ela fez, são assuntos densos demais para eu falar simplesmente. Prefiro me focar nas coisas como estão agora e no dia a dia com ele e o Gabriel que é o mais velho. Os dois meninos vivem conosco, meus pais puderem ficar somente com eles e as meninas ficaram com ela. O amor que temos pelos 5 não difere, amamos a todos, cada um do jeitinho que é.

O Cadu passou por muita coisa, é um guerreiro! No primeiro ano de vida, ficou mais tempo internado do que em casa, pois nasceu com diversos problemas de saúde, foi um sofrimento ver o sofrimento dele, mas o cara saiu dessa! Ele está com exato um ano e dois meses e ensaia os primeiros passos, as primeiras palavras. Incrível como uma criança toca tanto o coração de uma pessoa.

Me emocionei com meus outros sobrinhos, mas é um emoção que não se desgasta, ela se renova a cada criança. Aprendemos muito com elas, principalmente como ser alguém melhor, já que seremos referência para elas.

Principalmente os meninos que não tem os pais como bons exemplos, cabe aos avós, aos tios e demais pessoas que fazem parte de suas vidas conseguir mostrar um pouco sobre o mundo com a esperança de que ambos sejam pessoas de bem, caras muito legais.

É um aprendizado. O Gabriel é mais meu irmão que sobrinho, ele está com dez anos e estou aprendendo com ele mais do que poderia imaginar, estou tentando construir uma relação melhor, pois não é fácil ser tia que educa, que ensina, diz não e ainda tem de ser legal.

Sou muito exigente e estou aprendendo a compreender mais, as dificuldades que ele enfrenta e as coisas que ele precisa superar. Esses últimos dias tem sido bem bacanas.

Um experimento que fiz recentemente foi estimula-lo a ser mais organizado e ter responsabilidade através da nossa combinação de ele tirar o pó e organizar meu quarto (não tem muita coisa), pois pouco fico em casa. Como recompensa eu darei a ele R$ 10,00 por mês. Ele topou na hora e já colocou a mão na massa, quer dizer no paninho e está se mostrando bem dedicado ao nosso trato. Não esperava que fosse dar tão certo e amanhã ele vai receber os primeiros R$ 10,00, e acho que estou mais feliz que ele por isso.

E o Cadu no momento está aprendo a função do telefone, já coloca o celular na orelha e ensaia uns “aô” 😀

Carinho

Bruna

Anúncios